56/2019: MEUS MAIS DE MIL CORAÇÕES

"É como se eu tivesse mais de  uma centena de corações e todos já foram partidos, desfeitos em vermelho, então reconstruídos, acarinhados, e renasceram milhares de vezes."
 Um misto de uma sequência de palavras e sentimentos enroscam-se na escrita de Gabriela Plaza em seu livro Meus Mais de Mil Corações.
Vamos conhecer um pouco mais desse belo material da escritora?


Título Original: Meus Mais de Mil Corações - Uma poética a iniciação

Autora: Gabriela Plaza

Ano: 2019

Páginas: 160

Editora: Scortecci

Sinopse

Escrever esse livro foi exercício de rotina [...] e nessa rotina senti tudo (ou quase) que há para sentir: ódio, carinho, tristeza, alegria, nada. Devo minha escrita a tudo que me apareceu. Amores, lutas, feridas, tudo de mais ínfimo e gigante. A vida me foi matéria bruta essencial para qualquer tentativa literária que eu tenha ambicionado, pois em tudo houve poesia.
"Tive um bom dia. Bebi um café amargo que soa gostoso só pelo hábito. Vi meu amor com seus tolos olhos apaixonados (pobre inocente, mal sabe ele que com poeta não se brinca). Chorei a cota do dia, já que o choro, como o café, é também hábito".
Através da poética e de palavras muito bem usadas, a escritora Gabriela Plaza retrata franqueza, singularidade, dor, política, a mulher, suas lutas e seus sofrimentos.

Em seu "Aminguamento da Alma" (p.66), assume não ser poeta, diz-se "gente que gosta de palavras"

Preciso admitir: todo esse encantamento pelo expressar-se em rimas, sons e versos me fascinam!
"E eu jogava poesia em você como quem joga tinta numa parede de concreto cinza".
Através das ricas artes elaboradas pela ilustradora Barbarah Canali, tons, cores e todo um realismo, vem delineando com sua expressividade poética o (ser) humano em suas ricas amplitudes.


Bom, àqueles que, assim como eu, se encantam com esse divinal brincar com as palavras, fica aqui a minha dica a se aventurarem no universo literário de Gabriela Plaza em seu livro Meus Mais de Mil Corações, publicado pela Editora Scortecci.

Beijos literários!



3 comentários

  1. Olá minha cara, como vai? Espero que bem :) Eu me identifico muito com a frase "gente que gosta de palavras"(sou tagarela assumido e passo do ponto, mas estou tratando isso rs), acho que poeta é um pesado rótulo que poucos conseguem manter, não estou julgando(até por não poder rs) mas que assim como todos temos alma, coração e amor, acredito que todos podemos nos expressar e libertar fragmentos de alma, uns cantam, outros pintam, uns com mais técnica, outros com mais experiência, mas até contar uma experiência pode ser uma poesia se não nos prendemos a julgamentos técnicos rs. Enfim, adorei as fotos e a resenha.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Oi miga!

    Amei essa resenha! Só pelo primeiro quote que você separou, deu para ver que é bem a sua carinha esse livro. Adorando ver como essa parceria com a Scortecci tá rendendo bons frutos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Pelo que você escreveu, me deu muita vontade de conferir o livro. Parece ser daquele tipo que deixa um quentinho no peito sabe? Ao mesmo tempo em que te faz parar pra pensar ...

    Parabéns pelo blog! Achei ele lindo!
    Bjs!

    https://palavrasmagica-s.blogspot.com/

    ResponderExcluir