50/2019: PERSEGUIÇÃO MORTAL

"O amor tem várias formas de marcar as nossas vidas".
 Oi, pessoal! Como estão? Coloquei na minha TBR de outubro o livro da escritora Graziele Caetano, blogueira literária, assim como eu, que eu conheci no Twitter, e que me propôs conhecer seu trabalho. Uma coisa é certa: Graziele  é uma escritora que, aliás, diga-se de passagem, é muito talentosa. 
Vamos então conhecer um pouco do seu trabalho?



Título Original: Perseguição Mortal

Autora: Graziele Caetano

Ano: 2019

Páginas: 149

Editora: Independente

Sinopse

Djamilla é angolana, mãe, dona de casa e esposa, considerada por todos como exemplar. Está casada há mais de uma década com o Alessandro, um renomado negociador de operações de anti-sequestro brasileiro.

Mesmo com o seu conto de fadas “quase” perfeito, uma rotina monótona não é bem o que esperava viver aos 37 anos de idade.
Quando conhece o Miguel, vê nele a chance de se sentir viva novamente. Mas, logo no primeiro encontro, conclui que o que está fazendo é errado. A partir desse dia, por mais que peça que se afaste dela, ele se recusa a aceitar o seu pedido.
Miguel afirma que eles se conhecem do passado e que ela lhe pagará por todo o sofrimento causado. O problema é que a Djamilla não se lembra de já tê-lo visto ou sequer conversado com ele antes desse encontro.
Com a segurança da sua família em risco iminente, ela percebe que para se livrar dele será necessário arriscar a própria vida.



Djamilla é uma bela jovem angolana que conhece Alessandro, um brasileiro que está em seu país a trabalho com seus colegas policiais. No auge da carreira, ele é especialista em negociações nas operações anti-sequestro. 

Ali naquele restaurante, no ano de 2003, ele a vê servindo, e a reconhece como seu grande amor, estando inclusive disposto a romper com a barreira da timidez e investir no que seria seu futuro a dois. 

Para sua surpresa, essa jovem encantadora lhe retribui e, repentinamente, eles se casam, o que resulta em sua ida para o Brasil e o início de surpreendentes acontecimentos.



Quinze anos anos se passam na narrativa e o casal vive sua vida conjugal de maneira aparentemente tranquila, com três filhos em uma casa confortável. Mas, silenciosamente, aquilo não bastava para Djamilla, o que a leva a viver uma perseguição _ uma espécie de pesadelo_ que poderia custar a sua tranquilidade e a segurança de sua família.



Miguel Arcanjo Farias _ esse era o nome do causador de todo transtorno iniciado  na vida de Djamilla e de sua família. Na verdade, seu grande erro, por não aceitar o fato de Alessandro trabalhar demais, foi ousar pensar em cair na conversar de um estranho, alimentar certa esperança na mente doentia de um jovem que conhece, perceber o erro em tempo, mas tentar resolver tudo, ao seu modo. A intenção de afastar o mal de sua família só o aproximava ainda mais.
"Logo que seus olhos percorrem as assinaturas na folha, todas com datas diferentes, um nome lhe chama a atenção. Miguel Arcanjo Farias. Só pode ser ele. Ironicamente, a pessoa mais perversa que conhece possui nome angelical".
Toda essa tribulação gera arrependimento, delineando uma enorme teia de segredos, mentiras e atrocidades que Djamilla descobre ter sido praticada de forma brutal por Miguel, que demonstra  cismar com ela de maneira psicótica, assustadora.
Silêncio e medo tornam-se constantes...



Em uma escrita super rápida e simples, a escritora Graziele Caetano consegue ser prática na forma como narra sua história ao público-leitor.

O livro está disponível em formato e-book na Amazon. Super oportunidade de vocês terem acesso a uma leitura que nos instiga a querer conhecer cada passo desse jovem em uma Perseguição Mortal

E aí, ficaram curiosos? Já conheciam o trabalho da escritora? Me contem aqui o que acharam dessa proposta de leitura de um super nacional! É o carinho que deixo para vocês hoje!
Beijos literários!



8 comentários

  1. Que resenha linda. Fico feliz por saber que gostou do livro. Obrigada pelo apoio e pelo carinho.
    Abraços literários!

    ResponderExcluir
  2. Oiii! Que visita boa! E é muito bom saber que vc gostou! Grata pela confiança! Bja

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa capa!!
    E senti que essa leitura é das minhas!! Amo histórias com segredos, segredos e já fiquei curiosa. Anotei a dica!!

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Depois do que li e do que você me disse sobre esse livro, não espero a hora de realizar essa leitura, pois essa história é a minha cara. Espero estar lendo em breve, pois a curiosidade aqui está grande.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem? Que indicação mais interessante. Fiquei pensando como ela pode não tê-lo reconhecido. Ainda mais se ele alega ter sofrido no passado. Aprendi algo essa semana, por mais que o relacionamento não esteja do jeito que queremos é preciso avaliar o que nos incomoda e tentar melhorar. "Pular a cerca" não deveria ser a primeira opção não é mesmo? Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  6. Olá, fiquei instigada com essa história da personagem tentar afastar o mal de sua família e só o aproximava ainda mais. Parece ser uma história ótima. Já vai pra lista, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Super bacana, Ana! Adorei conhecer melhor e poder ter um gostinho do trabalho da autora, que também é blogueira literária! Achei ótimo saber a sua opinião e uma maravilha que você teve essa oportunidade de compartilhar o trabalho da talentosa escritora e contar um pouco mais sobre a escrita dela aqui pra gente. Excente trabalho. Muito bom! Fiquei aqui interessada e curiosa.

    ResponderExcluir
  8. Deve ser horrível passar pela situação de Djamilla, ter alguém nos perseguindo deve ser aterrorizador.
    Adoro quando conhecemos escritorxs independentes dispostos a nos apresentar seu trabalho, eu sempre fico empolgada e acho um luxo dizer 'ha eu conheço esse escritor, é meu parceirx' hahahahaha

    ResponderExcluir