41/2019: #Acredite

"O amor é a força mais poderosa que existe".
Oi, gente! Para começarmos muito bem nossa semana, que tal uma resenha que passa positividade e a certeza de acreditarmos num mundo melhor, com amor e respeito às diversidades??
Eu estou falando do livro #Acredite, da escritora Eliane Quintella. Vamos conferir a resenha comigo? ;)




Título Original: #Acredite

Autor: Eliane Quintella

Ano: 2019

Páginas: 160

Editora: Independente

Sinopse

Existe um mundo mágico, mas seu povo é dividido de acordo com seus poderes. Braites são mágicos mais poderosos e dominam a energia da transformação. Lalulis conseguem fazer apenas as magias simples. Os Braites mantêm sua magia forte, pois cultivam a leveza, a harmonia e a alegria, já os Lalulis não são capazes de aumentar seu poder de magia, pois são pessimistas por natureza e preferem se deixar dominar por sentimentos pesados a serem fúteis como os Braites.

Nesse mundo dividido, Pamela, uma jovem braite, se apaixona por Raul, um Laluli. Porém, os dois acreditam que o amor é uma força poderosa e estão dispostos a desafiar a ordem das coisas ficando juntos.

O casal é submetido a duras provações que desafiam a força do amor e a crença que separa aquele mundo. Um livro que tem a força dos contos de fadas e nos inspira a acreditar em nós mesmos e na vida que nos cerca.


Os Braites eram dominadores e os Lalulis abaixo deles, segundo a teoria de alguns magos. Mas isso incomodava a Pamela, uma jovem Braite apaixonada por um Laluli estudante da mesma escola. Toda essa rivalidade a atrapalhava, assim como a deixava curiosa por compreender melhor.

Desde pequenos, os Braites eram ensinados a emanarem  energias positivas. A paixão pelo jovem Laluli dificultava à Pamela, afinal não podiam sequer aproximar-se.



Pam, a Braite, e Raul, o Laluli, apaixonados um pelo outro, viviam um embate de crenças e culturas. 

  • Afinal, qual seria a melhor decisão a tomar? 
  • Ficarem juntos, e ela correr riscos? 
  • Valeria a pena enfraquecer e perder seus poderes, ou até mesmo causar-lhe um mal que poderia se tornar fatal? 
  •  Valeria a pena se amarem a tal ponto?
  • E por quê Braites e Lalulis não poderiam ficar juntos? 

Essas eram perguntas que ficavam na mente de Pam justamente por não haver sentido.
"O amor fazia nascer a gratidão. Gratidão, alegria e amor eram a mistura mágica que fazia tudo expandir".
A verdade é que, em um mundo tão dividido, quebrar as regras a faria sofrer, o que gerava dúvidas em sua cabeça.

Aos 16 anos, sua vida se transformou radicalmente do dia para a noite... Por amor.

E ela teve de se ressignificar! Aprender a viver sem a magia com a qual nasceu e cresceu habituada a usufruir. 
Perdeu as forças, era olhada diferente por seus colegas, passou por provações, mas tinha Raul a seu lado, o que foi muito importante à ela. Até que a magia ressurgiu em sua vida!... 

...Não do jeito Braite, mas da forma Laluli. Contudo, Pamela sabia, tinha certeza de que podia muito mais. E mesmo ultrapassando tantas barreiras, a saudade que sentia de seus pais aumentava a cada dia mais.

Por amar é punida, mas esse mesmo amor por um Laluli a mostrou que ela é forte o suficiente...
"É o amor que te faz  acreditar, perseverar, nunca desistir e ir além do que achava ser tuas capacidades e alcançar aquele sonho dourado que parecia impossível".

... e ressignificou conceitos de magia e força, o que atentou a alguns sobre o assunto, e do amor, questionou-se o poder, e até mesmo as formas variadas de ver as coisas.

Assim, Eliane Quintella nos traz a linda mensagem que reforça a importância de acreditar no que se busca, bem como na libertação de costumes e crenças que nos limitam ao sofrimento.

Sobre a autora


Eliane acredita no poder das boas histórias seja um suspense viciante ou um romance açucarado. Sabe que os contos de fadas são ainda mais mágicos e foi, por isso, que escreveu #Acredite. É escritora apaixonada, leitora convicta e sabe que a arte é essencial ao ser humano e meio extraordinário de suportar a realidade. Mãe ursa de Ale e Zizi. Encontrou apoio incondicional para suas loucuras no seu parceiro e amor da sua vida, Luiz. Come doces no plural diariamente e acha mesmo, como diz nesse livro, que o amor é a maior força que existe. Vive em São Paulo feliz da vida e apaixonada por sua família e seus dois cachorros, Luc e Tina.


Uma linda história em que ressaltamos o poder do amor! 
Uma narrativa muito bem escrita, com uma bela e poderosa mensagem, em que desafiar crenças e amores é o ponto principal a se provar que acreditar é o segredo!

Mas me contem: vocês já leram #Acredite? Sabiam que essa história ganhou o prêmio Watts 2018? Conhecem a escrita e as outras obras de  Eliane Quintella? Me indicariam alguma para ler?
Vamos lá! Vamos interagir!

Beijos literários!

Nenhum comentário