BATE-PAPO COM A AUTORA ZELI SCHEIBEL

Oi, oi, pessoal! como vocês estão?
Hoje é dia de bate-papo por aqui! E eu quero convidar vocês para conhecerem uma autora  de alma linda, e,  a medida que forem conhecendo-na durante nossa conversa, irão perceber que é um ser  iluminado.

No dia 2 de abril eu trouxe aqui no "Café" a resenha de uma história lindíssima. Me senti leve ao terminar a leitura! E como eu estava me programando para retornar com os bate-papos, vi que não podia deixar que essa autora em especial passasse despercebida pela minha história literária. Então a convidei para conversarmos aqui, e ela topou.
Que bom! Porque a cada resposta dela, me envolvia mais. E tenho certeza de que irão gostar!
Bom, eu estou falando de Zeli Scheibel, autora do livro Posso te Amar, publicado pela editora parceira do Café com Leitura Blog  em 2019, a Ler Editorial. Aliás, tem resenha aqui no blog! ;)
Bora me acompanharem?


1.    Quem é a escritora Zeli Scheibel?

Costumo me definir como uma alma inquieta em busca de mim mesma. Aprendiz do sentido da vida. Casada, mãe de três filhos e um lindo neto compõe o instigante cenário do meu mundo.
Hoje, entendo que a cada novo dia posso ser um pouco melhor. No entanto, ainda sou apenas quem estou, um ser no caminho do autoconhecimento. Portanto, sigo minha trajetória tentando acertar o passo, um de cada vez, sem atropelos.

2    Como a escrita entrou em sua vida?

☕  Após a cura de um câncer de mama, ao perceber que a vida continua, independentemente das adversidades que nos acontecem. Busquei realizar o sonho de ser escritora, desejo adormecido desde a infância, também a compor a minha vida de outro jeito, valorizando mais as pequenas coisas, os pequenos gestos, o que me cerca e o que me toca.

3.    Além da obra Posso te Amar, quais outras você escreveu?

Sete livros, sendo três de autodesenvolvimento e quatro romances. Por último, "As Rosas do Sobrado Azul",  cujo lançamento aconteceu no mês de abril deste ano em São Paulo.
1º – O vai e vem da vida - Receita de cada um; 
2º – Razões para amar; 
3º – O caminho que escolhi; 
4º – Muito além do perdão - Às vezes, o amor e a redenção que buscamos transcendem outras vidas. - Ainda este ano teremos a segunda edição com a Ler Editorial. 
5º – No divã da natureza - Em busca do essencial na meditação que liberta.
6º – Posso te amar - Às vezes só o lenço do amor é capaz de secar as lágrimas do coração.
7º – As rosas do sobrado azul – Um legado que venceu as tempestades do tempo.

4.    O que lhe moveu na escrita de romances espiritualistas? 

☕  Dentro do novo cenário que se tornou a minha vida, e para entender melhor meus questionamentos, busquei o estudo da Doutrina Espírita, e mais tarde, a formação na Psicologia Transpessoal – Abordagem Integrativa Transpessoal. Fiquei surpresa, pois compreendi que valeu a pena investir nesta nova direção. A encarnação é uma oportunidade redentora, não podemos brincar de faz de conta, pois tudo é contabilizado na balança da vida. Passei a valorizar mais a intuição que me põe em alerta. Às vezes, os avisos chegam recheados de dicas sobre histórias, alguns mistérios e muitas informações que transformadas em escritos trazem possibilidades de transformações para mim e para os que entendem e aceitam o amor como principal movimento da vida. 

5.    Você tem alguma obra e/ou personagem preferidos em específico? Se sim, quais?

Envolvo-me de corpo e alma na escrita, vivo a trama com intensidade. Amei um pouco mais escrever sobre a Leonor, protagonista da obra "As Rosas do Sobrado Azul"

6.    Como se dá o processo de criação/inspiração para seus trabalhos literários?

Sobre a criação do romance, a história passa por vários processos criativos; o primeiro desafio é sobre o assunto que vou desenvolver; depois me pergunto: qual o objetivo de contar a história? Assim começa o árduo processo de escrever e reescrever até concluir a obra.
Sobre a inspiração, meus romances são pontuados com o viés Espírita Kardecista, os quais costumo intitular como sendo espiritualistas, pois acredito que a espiritualidade está acima de dogmas religiosos. Meus escritos são uma aventura prazerosa, contudo, não me permito banalidades, considero uma responsabilidade com a mensagem que vou passar aos leitores. O meu processo criativo é muito peculiar, construo uma premissa, mas o recheio é permeado de imprevistos que preciso adaptar. 



7.    Você estará na Bienal do Rio 2019?

Ainda não sei, aguardo confirmação da editora. 

8.    Há novos projetos em vista? Poderia nos contar um pouquinho sobre ele?

Tenho um novo romance em andamento, sobre um assunto muito complexo, talvez saia para o próximo ano, mas prefiro ainda não falar sobre ele.

9.    Você possui expectativas com relação à sua carreira de escritora?

Diante do cenário do mercado editorial no Brasil, onde o autor brasileiro não é valorizado, é difícil traçar um objetivo real. Amo escrever, um hábito salutar para a minha essência que não pretendo abrir mão. Contudo, quanto maior o alcance, maior o compromisso de fazer melhor. Além do entretenimento de um belo romance, procuro deixar uma mensagem de autoconhecimento ancorada na espiritualidade. Gosto de permear gotas de esperança com sementes de amor no decorrer da trama. Minha maior expectativa, é que o mercado livreiro aqueça e meus livros alcancem o maior número possível de leitores. Assim, seguir contando histórias com o melhor de mim é meu desafio.

10.    Como manteve seu primeiro contato com a Ler Editorial?

Observando o carinho e a atenção que a editora tem com os autores, depois busquei a indicação com uma amiga autora da "Ler".

11.    O que você teria a dizer aos leitores? Há alguma mensagem a nos passar?

Nos meus romances, vamos encontrar personagens comuns, vivendo dramas reais, cujas particularidades psicológicas os tornam interessantes.
 Na minha experiência, ressignificar a dor quando ela se apresenta, é viver bem as fases da vida. Também, reconhecer e aceitar o passado, nos coloca outra vez no mundo, diante do presente que é a vida.



Gente, que delícia essa conversa! Agora me digam se Zeli é ou não é uma pessoa iluminada!?
Quanta tranquilidade nas palavras! Que mensagem bonita nos transmitiu! Estou muito feliz por ter sido tocada a conversar com ela! 
Sobre o "ressignificar", que Zeli fala ao final, digo que é algo que tem me motivado a prosseguir nesse meio também! 
E estou torcendo pela confirmação da sua ida à Bienal!

Me digam aqui: o que acharam do bate-papo com a autora de hoje? Vocês têm algo a "ressignificar" que queiram e possam compartilhar? E a Bienal do Rio? Pretendem ir? Será que vamos nos conhecer finalmente? Estou curiosa!

Me acompanhem que na semana que vem o bate-papo será com um blogueiro! Curiosos para saberem quem é!? Aguardem que novidades estão chegando por aqui! 

Beijos literários!

6 comentários

  1. Que delícia de bate-papo. A Zeli é uma pessoa iluminada!
    Gostei muito dessa mensagem final da autora, para refletir e pensei muito em meu momento atual.
    Muito obrigada por mostrar um pouco da Zeli e por essa mensagem linda!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga! Super recomendo a leitura das obras dela! Pelo visto, são todas nessa "vibe", de boas mensagens à nossa vida! Muito feliz por ter te instigado a reflexões!
      Beijos!

      Excluir
  2. Que conversa gostosa! Uma autora que ainda não conhecia e que terei o prazer de conhecer suas obras. Adoro esses bate papos, são ótimos para conhecermos autores fantásticos em meia a literatura Brasileira

    Aceita Café?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Brenda! Feliz por estar gostando dos bate-papos! A Zeli é pura luz ao que nos leva a crer, não acha? No ano passado fiz muito bate-papos com autores. esse ano quero inovar, e já começo na próxima terça! Espero te ver por aqui e que goste!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que delicia de bate papo! Não conhecia essa autora e nem seus livros mas fiquei tão feliz por conhecer um pouco mais dela. Tem tanto autores maravilhosos e que ainda nao conhecemos...

    ResponderExcluir
  5. Uau. Que bate papo mais delicioso! Gostei bastante de poder conferir aqui um pouco mais da autora e suas obras. Ansiosa pra saber quem vai ser o blogueiro que vai trazer para o próximo bate-papo! Aguardo para saber e as novidades que vem por aí também. Parabéns!🌸

    ResponderExcluir