TAG ESMALTES E LIVROS: Outubro - #OutubroRosa - Pink



Oi! 

Terceiro domingo de cada mês é dia de participar da Tag Esmaltes e Livros, lá no Blog MãeLiteratura, da querida Claudia Leonardi. Junto dela, estão os blogs Mundinho da Hanna e Pacote Literário, parceiros no projeto fotográfico pelo qual amei participar em setembro, com a Tag Esmaltes e Livros: Setembro - Verde - Meio Ambiente , lembram-se? Aqui, às segundas-feiras! Vamos lá!

Estou adorando estar de volta numa proposta reflexiva e tão bonita, que é a conscientização sobre o câncer de mama, por meio da Campanha Outubro Rosa.

COMO ESCOLHO OS LIVROS QUE LEIO?





Os livros que leio! Ah, não sei se teria uma regra para os escolher!

Desde que comecei o Café com Leitura Blog, minha rotina literária deu um up, pois o dinamismo entre uma postagem e outra, um projeto e outro, me proporcionam conhecer muita obra bacana, conteúdos diferenciados, talentos em específico.


Antes eu lia apenas os livros que me atraíam nas prateleiras das livrarias, nos filmes... Capas eram um ponto mais que favorável, e ainda são! Entretanto hoje, com o blog, as sinopses e resenhas também muito me atraem nos Instagrans Literários e projetos ao qual participo. 

SE EU PUDESSE ESCOLHER VIVER EM UM LIVRO, QUAL SERIA?




Se eu pudesse escolher viver em um livro, não seria um em específico, best seller, com milhões de cópias vendidas mundialmente, ou um que tenha se tornado "modinha", ou tema de filme hollywoodiano.

Se eu pudesse escolher viver em um livro, com certeza seria um mundo de contos de fadas, romântico, cheio de palavras bonitas, com finais felizes.

MINHAS MANIAS LITERÁRIAS





Manias literárias! São poucas, podem acreditar! 

Desde os tempos de faculdade, se há duas coisas que não abro mão enquanto estou lendo são caderno e caneta. Anoto tudo! Principalmente hoje, com o Café com Leitura e as resenhas. Não dá para deixar de ter, nem que seja um pedaço de papel em mãos para registrar minhas impressões das obras que leio.

OS LIVROS QUE ABANDONEI



Nessa minha curta trajetória literária (haha!), só me lembro pra valer de quatro livros que eu tenha abandonado:





O Mundo de Sofia: Livro que comprei em 2010. Me lembro que dava aula de um tema ligado à Filosofia para uma turma do quinto ano do Ensino Fundamental e o material que usávamos, de um sistema de ensino, usava muitos trechos desse livro. E aí fui me encantando pela história!

QUAL O MEU GÊNERO LITERÁRIO FAVORITO?






Dizer ter um gênero literário favorito, ao meu ver, é algo tão pessoal! 

Ao mesmo tempo, acho super arriscado! Às vezes, digo que sou mãe das minhas leituras! 

Não ouso escolher uma predileta!

COMO ORGANIZO MINHA ESTANTE?




Olá, cafeinados! Segundo dia do #outubrointerative-se e a linda Maratona Temática que o Café com Leitura Blog tem a alegria por participar!

Ontem falamos sobre Como teve início a minha vida de leitora. Confesso que chorava a cada palavra ou frase digitada! Muitas emoções mesmo! Na verdade, falar desse assunto muito me deixa sensibilizada devido ao grau  de importância que considero a leitura a cada um de nós. Legado maravilhoso que recebi da minha família desde muito pequena.

COMO TEVE INÍCIO A MINHA VIDA DE LEITORA?


Falar da minha vida enquanto leitora despertou em mim um certo saudosismo, mas não negativamente, pelo contrário! Me remete a tempos tão bonitos, tão puros e sinceros que nem sei se me atreveria a tirar essa essência. 

Tenho aqui mais uma missão: a de fazer com que entrem no meu universo da mesma maneira como eu nele entrei. Uma folha em branco? Talvez! Meu destino em meio aos livros sei que tracei com louvor, pois a cada página folheada há a certeza de que me construí, e ainda me construo.  Quero falar de memórias!





Aos cinco anos minha mãe me colocou na escolinha.  Tinha orgulho de ver que eu gostava de estar ali. Eu já me fascinava por essa mágica que acontecia com a junção das letras! A formação das palavras! 

RESENHA 21: PONTO SEM RETORNO

Olá, pessoal! Como vão?

O mês de setembro foi muito produtivo ao Café com Leitura Blog, então dei uma breve pausa por aqui, mas já estou de volta! Bora então para mais uma resenha??





Título Original: Ponto Sem Retorno

Autora: Gabriela Simões


Ano: 2017

Páginas: 308


Editora: Edições Viera da Silva





Sinopse:


Giselle Levy é uma meia-bruxa que vive isolada do mundo com o seu avô, escondida do olhar do rei. Cuidadosa e astuta, contudo, ainda assim, numa tentativa de sobreviver, foi apanhada e chantageada por um dos príncipes de Kendrad, Cristian, que promete não a entregar, se esta for trabalhar para o palácio. Num dilema, ela coloca em perigo a sua identidade e passa a trabalhar no palácio, onde terá de lidar com as constantes tentativas de sedução do príncipe Cristian, os misteriosos olhares de príncipe Eli, os encontros escondidos com o seu melhor e único amigo Rylan, e um rei desumano com segredos obscuros. Giselle vive numa constante incerteza e angústia de ser descoberta, amargurada pelo fato de não poder ser livre, encontra uma misteriosa sala, com um poderoso encantamento que poderá mudar tudo. Assertiva, inteligente e defensiva, irá deparar-se com uma escolha que mudará a sua vida e ideia de si própria, para sempre.