Menu

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Resenha 19 : Corte de Espinhos e Rosas



Olá, bookworms! Hoje venho apresentar para vocês a resenha de um livro que gostei muito de ler: Corte de Espinhos E Rosas. Esse livro li junto de um grupo de leitura coletiva ao qual adoro, da minha parceira Marcelli, blogueira do Entrelinhaslivros. Foi uma experiência literária muito bacana! E um dos melhores livros que li esse ano!




Título OriginalCorte de Espinhos e Rosas
Autor: Sarah J. Mass
EditoraGalera Record
Páginas: 434
Ano: 2015





Sinopse: 

Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar um féerico transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.



Ficção americana composta de uma série de 3 livros: Corte de Espinhos e RosasCorte de Névoa e Fúria  e Corte de Asas e Ruínas .



Em Corte de Espinhos e Rosas, Feyre, a protagonista, é a caçula das 3 irmãs, criadas apenas pelo pai que, antes de perder tudo, era considerado “O Príncipe dos Mercadores”.

Na condição de falência da família, a protagonista, mesmo sendo a mais jovem das três, torna-se caçadora com o objetivo de auxiliar seu pai no sustento da casa.

São moradores de Prythian, e vivem na mesma aldeia por oito anos.



Os Prythians carregam um ódio tremendo pelos Feéricos, já que foram escravizados em meio a batalhas épicas.





A história de Feyre se inicia quando ela, em caçada na floresta, sozinha em busca de alimentos, já faminta e cansada, depara-se com uma corsa. Porém, um enorme lobo cruza seu caminho, com a possibilidade de afetar sua caçada. Num turbilhão de dúvidas e emoções, Feyre opta por matar esse lobo.

A floresta, coberta pela neve, se torna a paisagem perfeita para o desvencilhar da trama que iniciará.

Entre Feéricos e Prythians, respectivamente, de um lado estava a magia e o sobrenatural; de outro, humanos, perdidos e desconfiados através do medo.


Como continuidade da série, há ainda Corte de Gelo e Estrelas (Spin-off)  da série.
Eu ainda não li os demais, mas em oportunidade, com certeza lerei!E você, já leu? Me conta aqui a sua experiência com a série de Sarah J. Mass! Não vejo a hora de dar continuidade a essa magnífica coletânea da autora!Beijos literários!

Sobre a autora:

Sarah J. Maas é autora #1 do New York Times e USA Today por suas séries Trono de Vidro, a qual começou a escrever aos dezesseis anos e que já foi publicada em mais de trinta e cinco países, e Corte de Espinhos e Rosas. Atualmente a autora vive na Pensilvânia com seu marido e um cachorro e, ao longo dos anos, desenvolveu uma apreciação pouco saudável para filmes da Disney e música pop ruim. Ela adora contos de fadas e balé, bebe muito chá e assiste muita televisão. Quando Maas não está escrevendo, pode ser encontrada explorando o belo condado de Bucks County.

Fonte: Skoob